quarta-feira, 6 de maio de 2009

Pára-raios, eu?

Para dirigir os veículos aqui da empresa é necessário todo ano fazer um treinamento de reciclagem sobre direção defensiva. Coisas da empresa, acho até bacana. Com isso acontece uma troca de experiências de vários colegas, pessoas com diversos perfis. Todo ano eu apareço com no mínimo duas ou três histórias... Tem um amigo que me diz que eu atraio ráios, eu estou começando a acreditar nessa hipótese realmente.

Segunda fui ao cinema novamente. Estava menos cheio, creio que foi por causa da chuva... Eu não sou uma pessoa paciente, mas posso ser se me for conveniente. Resolvi que esperaria por uma vaga no andar do cinema para facilitar na saída, não demorou muito surgiu uma vaga, eu sinalizei e um espertinho tentou estacionar... pode???? Buzinei, questionei e ele só na manobra para estacionar... fui tomada por uma raiva, uma fúria... Corri e coloquei o carro numa posição que ele não podia se mover para estacionar que eu encostava mais e dificultava a vida dele. Eu sou uma pessoa impulsiva demais, senti vontade de sair do carro e ir até ele, mas poderia perder a guerra com isso.rsrsrsrsrsr

Veio então o segurança do shopping, eu contei minha versão, ele foi até o gatuno e o ouviu também. Para a sorte dele outra vaga apareceu e o segurança o convenceu a desistir da MINHA vaga.rsrsrsrsr

O cara estacionou e foi para o cinema com cara de poucos amigos. Me dei conta de toda a confusão que fiz (com toda razão é claro), mas fiquei com medo dele esvaziar o pneu ou arranhar "Docinho". Para minha sorte ele estava com a farda de uma empresa conhecida, anotei a placa do carro dele e peguei o nome do segurança do shoping por precaução. Quando retornei fiz a vistoria e estava tudo normal.

A maioria de vocês não me conhecem pessoalmente, mas eu agaratiu que sou pacata, quieta, gente fina, amigável... só não pode pisar no meu calinho.

E vocês fariam o mesmo? Quem se habilita?
Não mintam para ser legal, devo acreditar que atraio ráios?

12 comentários:

Dafni do Nascimento disse...

eu não teria deixado ele estacionar e faria ele sair da minha vaga.
e se não saisse por bem ia sair por mal!
beijos

Ice Ice Baby disse...

incrivel como transito smepre rende umas boas risadas...ou lágrimas dependendo de onde vc está na história toda...

bjs chuchu

M. disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk

Eu tb já fechei alguns barracos no Iguatemi por causa das vagas. Mas no meu caso nem rendeu mto, pq antes de ser uma nefrologista, eu trabalhei na PF e teoricamente eu ainda faço parte do quadro de funcionários, já que estou de licença, porém, sem remuneração. :S

Foi dar a famosa "carteirada" que o cara desistiu da vaga. E olha que nem foi abuso de poder, eu estava certa mesmo.

Tem mto marmanjo que se acha esperto demais na hora de disputar uma vaga com uma mulher, mas por trás dessa cara de songa aqui, existe uma leoa. rsrsrs

Bjos.

Luciana Guimarães disse...

Vc não é pára-raios... Mas bem que gosta de uma confusão e conseguiu se comportar como um lady... Se fosse eu, teria baixado minha janela, colocado meu rosto para fora, sentido aquele ar esbaforido do estacionamento e perguntado: "Quer manteiga? Na força você não vai entrar..." hehehehehe... Ele nem era gatinho, né?

Tiago disse...

Sei bem como são estas quietinhas...rs...levam quase tudo na boa, mas quando se aborrecem: ih, sai de baixo!!!rs

Qt a vaga...ia depender do estado de espírito, da situação...qd percebo que é mulher ou idoso, nem questiono, mas se fosse um cara era bem provável que eu não levasse tão na boa...envolveria instinto de preservação de domínio...rs...brincadeira!

Bjinhos!

ps.: desiste do cinema SEGUNDA...rs...SEGUNDA vez q dá problemas...

Alexsandra Moreira disse...

Meninas, vcs estão d+.

Salve, salve as garotas. \o/

Lú, o pior é que ele era bonitinho sim, porém ordinário.rsrsrsrsr

bjs

RICARDO disse...

Acredito que sua capacidade de atrair raios é maior que a das árvores, altas concentrações de água e até mesmo campos abertos. Porém este fato não chega a ser um raio e sim um exemplo da falta de educação do nossos conterraneos. Êta povo mal educado do caramba!!! Falta de decência e de educação é uma coisa tão normal quanto chuva em Salvador. Coisa rotineira.

Cirilo Veloso Moraes disse...

Sinceramente não sei que faria.

Em outras épocas eu desceria, arrancaria ele do carro e bateria nele até ele implorar para que eu ficasse com a vaga e fosse procurar outra.

Mas hoje... realmente não sei. Estou menos impulsivo, mais sensato. Mas nunca se sabe... rsrsrs

Isadhora disse...

Se eu faria o mesmo?
Rá!
Já fiz... Diversas vezes!!!
E inclusive já tive que sair do carro pra ir argumentar com o motorista.

O argumento é sempre o mesmo:
"A vaga é sua? Seu nome ta escrito aí??"
E eu respondo:
"Realmente não existem regras para uma situação como essa. Mas contamos com o bom-senso".

E me retiro nao dando chance da pessoa responder pq daí já vira barraquinho...

Na MINHA vaga ele nao estaciona!!!!!!
Nem entra na minha frente na fila!

Humffffffffff

Isadhora disse...

Lendo um comentario aqui em cima, adorei o "quer manteiga?? na força nao vai entrar"...

vou usar essa! kkkkkk

Ice Ice Baby disse...

gostei da sua opinião lá no blog chuchu.

sincera.

bj

Geovana disse...

Acho que você caça raios..ehheheeh...
Nem sempre estamos dispostos a engolir sapos, então é melhor deixar baixar o santo e botar pra fora o que incomoda.
Beijo.